domingo, 18 de maio de 2014

Fredolina ✿

Num suspiro quase de alívio, ela se sentou mais uma vez e me agradeceu. Ela não sabia e não podia ver que ali, logo atrás, o mundo lhe oferecia uma linda paleta de cores. Servi uma xícara de café, mas ela não tomou. A abracei, fechei minha caixa de costura e me despedi. 

Um comentário: